Perguntas Frequentes | Pneux

WHATSAPP (21) 97369 4116

TELEVENDAS (21) 3470 6999

Perguntas Frequentes

A Pneu X, disponibiliza a todos um guia com algumas perguntas e respostas frequentes, de
nossos clientes, que são importantes na hora de fazer uma compra on-line. Confira
abaixo e descubra porque escolher a Pneu X na hora de comprar pneus, rodas, molas e acessórios
automotivos.

1. O que significam as informações que ficam na parte externa do pneu?
Estas informações são as características do pneu, como: medidas, tipo,
informações da fabricação etc. Veja a imagem e entenda melhor cada informação:

2. Como reconhecer a medida do pneu?
Geralmente os pneus vêm com a seguinte marcação: 175/65 R15 84H (podendo variar os números e a última letra). Entenda como funciona essa marcação abaixo:

175 – corresponde à largura do pneu de lado a lado em mm.

65 - É o percentual entre a altura e a largura do pneu. Neste exemplo a altura
corresponde a 65% da largura.

R - Informa o tipo de construção do pneu. Se a letra R estiver grafada, indica que o pneu é
de construção radial, ou seja, é um pneu de rua. Atualmente a maioria dos pneus
são radiais.

15 - Indica o aro do pneu, que corresponde ao número do diâmetro em 15 polegadas.

84 – É o número do índice de carga máxima individual por pneu, o
número 84 corresponde a 500 kg por pneu.

H - Classificação de velocidade máxima que o pneu consegue suportar em km/h, a letra H
corresponde a 210 km/h.

3. Como saber a carga máxima que o pneu suporta?
Conforme explicado acima, os pneus vêm com a seguinte marcação: 175/65 R15 84H. A numeração que vem antes da última letra, nesse caso o número 84, corresponde a um valor em
quilogramas de quanto cada pneu suporta. Veja a tabela de conversão abaixo:

CódigoKgCódigoKgCódigoKgCódigoKgCódigoKgCódigoKg
60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70
250

257

265

272

280

290

300

307

315

325

335
71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81
345

355

365

375

387

400

412

425

437

450

462
82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92
475

487

500

515

530

545

560

580

600

615

630
93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103
650

670

690

710

730

750

775

800

825

850

875
104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114
900

925

950

975

1.000

1.030

1.060

1.090

1.120

1.150

1.180
115

116

117

118

119

120

121

122

123

124

125
1,215

1.250

1.285

1.320

1.360

1.400

1.450

1.500

1.550

1.600

1.650

4. Como saber a velocidade máxima que o pneu suporta?
Utilizando o exemplo da marcação alfanumérica: 175/65 R15 84H, a velocidade máxima suportada pelo pneu é indicada pela última letra da marcação, que no caso é a “H”. Diferentes letras são
utilizadas para cada velocidade, veja a tabela abaixo:

Código km/h Código km/h
B

C

D

E

F

G

J

K

L

M

N
50

60

65

70

80

90

100

110

120

130

140
P

Q

R

S

T

U

H

V

Z

W

Y
150

160

170

180

190

200

210

240

mais de 240

270

300

5. Para que servem os sulcos dos pneus?
Os sulcos, ou as linhas rebaixadas do pneu, servem para facilitar o
escoamento de água. Quanto mais profundos e bem desenhados forem esses sulcos, mais
o pneu será resistente à aquaplanagem.

6. Como saber se meu pneu foi certificado pelo Inmetro? Por que é importante ter essa certificação?
Para saber se seu pneu foi aprovado pelo Inmetro (Instituto Nacional de
Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) procure um logo parecido ao da foto. Todo
pneu vendido no Brasil obrigatoriamente tem que ter o logo do Inmetro. O
selo do Inmetro garante que o pneu foi produzido adotando mecanismos oficiais destinados
à melhoria da qualidade de produtos e serviços.

7. Como saber quando o pneu foi fabricado?
Para saber quando o pneu foi fabricado procure o código DOT no seu pneu. A sigla DOT corresponde às palavras Department of Transportation, ou Departamento
de Transportes em português, e significa que o pneu está conforme os
regulamentos do departamento de transito dos Estados Unidos. A sigla DOT é
seguida por um código de duas ou mais letras ou números (que representa a
fábrica onde foi produzido), apenas os 4 últimos números representam a data de
fabricação, sendo os 2 primeiros dígitos a semana do ano e os 2 últimos o ano
da produção.

Exemplo: DOT AZ 3211. Nesse caso, o pneu foi produzido 32ª semana de 2011.

8. Para que servem os desenhos do pneu?
Os desenhos dos pneus, compostos pelos sulcos (linhas profundas que servem para facilitar o
escoamento de água) e pela banda de rodagem (a parte mais alta do desenho, ou
seja, a parte que tem contato com a pista) são responsáveis pela dirigibilidade
do pneu. Cada desenho tem uma função diferente de acordo com seu layout,
podendo fazer o pneu mais resistente à aquaplanagem, mais silencioso ou mais
aderente a um tipo de solo específico.

9. O que é um pneu Run Flat?
É um pneu reforçado que permite que, em caso de furo do pneu, o condutor continue rodando por mais vários quilômetros, sem danificar a roda, até chegar em um mecânico ou local
seguro.
Algumas marcas dão diferentes nomes para o pneu Run Flat, como RFT
(Bridgestone) e SSR (Continental).

10. Por que é importante fazer o rodízio dos pneus no meu carro?
Como os pneus dianteiros e traseiros são afetados por diferentes tipos de cargas e frenagens,
o rodízio é fundamental para proporcionar um desgaste uniforme de todos os
pneus, além de aumentar a vida útil deles. O rodízio deve ser realizado a cada 10 mil quilômetros rodados ou menos de acordo com o modelo e tamanho do pneu.

11. Qual é a diferença entre balanceamento e alinhamento?
O balanceamento é o processo de compensação do peso sobre as rodas e
os pneus de modo a equilibrá-lo para evitar a sobrecarga, ele é importante para
um desgaste uniforme dos pneus. O balanceamento deve ser feito quando o
motorista sentir trepidação (vibração) do volante ou em partes do carro.

O alinhamento é o ajuste dos ângulos da direção e suspensão do carro, o que garante
a estabilidade e segurança do veículo, pois um alinhamento irregular pode
causar maior desgaste do pneu e danos à suspensão do carro. O alinhamento deve
ser feito quando o motorista sentir o volante puxando mais para um lado em
pista reta.

O ideal é que os dois ajustes sejam feitos nas revisões periódicas de veículos
e a cada 10 mil km rodados ou menos.

12. Por que é importante calibrar os pneus do meu carro?
É importante calibrar os pneus, pois pneus bem calibrados ajudam na economia
de combustível, aumentam o desempenho do carro, mantém a segurança e diminuem o
desgaste da borracha. A falta de calibragem faz com que o pneu perca aderência
ao solo, ou seja há perda de eficiência na frenagem e maior risco de
aquaplanagem. O ideal é que essa calibragem seja feita no máximo a cada 15 dias.

Sempre verifique a calibragem correta de acordo com seu carro, aro do pneu e
carga que transporta. Esse tipo de informação geralmente está disponível no
manual do seu carro, na tampa de gasolina ou no lado de dentro da porta.

13. De quanto em quanto tempo devo trocar meus pneus?
Não há um período exato, depende de variáveis como modelo, tipo de
utilização, qualidade do produto, entre outros. A troca dos pneus geralmente
ocorre entre os 20 mil a 40 mil quilômetros rodados, porém a forma mais prática
de fazer essa análise é deitando um palito de fósforo sobre um dos sulcos do
pneu, se a cabeça do palito não se esconder completamente no sulco é hora de
realizar a troca. Algumas marcas de pneus já vêm com indicadores de vida útil, que
possuem a mesma função.

O pneu só deverá ser trocado em um período mais curto em caso de bolhas provocadas
por altas temperaturas ou danos decorrentes de impactos que ocasionam furos ou
algum tipo de deformidade. A sobrecarga também pode ocasionar um desgaste
prematuro do pneu, fazendo com que você os troque antes do tempo previsto.

14. Quanto a manutenção do meu veículo influencia na vida útil dos meus pneus?

Primeiramente a manutenção do veículo é importante para
aumentar a vida útil do seu carro, manter a sua segurança e de seus
passageiros, além de garantir um valor maior na hora da venda do automóvel.

Em relação aos pneus a manutenção do carro influencia diretamente, pois todas
as peças do carro são interligadas. Por exemplo, os amortecedores, molas,
freios, rolamentos, eixos e rodas têm influência direta sobre a eficiência e a
saúde dos pneus, por isso é importante realizar a manutenção dessas peças
juntamente com os pneus.

15. O que é tread ou banda de rolagem?
O tread ou banda de rolagem do pneu é a parte do pneu que tem contato
direto com o solo, por contas disso se desgasta com o tempo.

Cada pneu tem um desenho de tread ou banda de rolagem diferente dependendo da
sua função.

16. Qual a diferença entre um pneu simétrico e um pneu assimétrico?
O desenho. O pneu será simétrico ou unidirecional se os dois lados da banda
de rolagem forem iguais, como se fosse um espelho refletindo um lado pro outro.
Se os dois lados forem diferentes o pneu é assimétrico.


17. O que significa o número que vem após a palavra Treadwear?
Com variação de 60 a 700, esse número indica quanto tempo o pneu vai durar.
Apesar de esse número não indicar um período exato, pois depende muito das
condições de uso do pneu, quando maior o número do Treadwear mais tempo o seu
pneu irá durar.

18. O que significa a letra depois da palavra Traction escrita no pneu? O que significa traction?
Traction é tração em inglês e essa classificação avalia exatamente isso, a
habilidade que o pneu tem de tração no solo. Essa classificação tem 4 notas de
avaliação: AA, A, B e C, sendo AA a nota mais alta e C a mais baixa.

19. Como saber se meu pneu é direcional?
Depende do desenho do pneu, pneus assimétricos não tem uma direção
específica, já pneus simétricos só podem ser montados para uma única direção de
rolagem. Os pneus com direção específica vêm um uma seta desenhada apontando o
lado que tem devem rodar.

20. Por que um pneu liso ou careca é perigoso?
Os pneus carecas têm a banda de rolagem mais gasta, ou seja, um sulco
mais raso, com menos espaço para passar água e ar enquanto o pneu estiver
girando, desta forma ele se torna mais perigoso em dias chuvosos com risco
maior de derrapagem e acidentes.

21. Por que há pelos no meu pneu novo?
Os pelos provam que pneu novo, eles são formados pelo excesso de borracha
que escorre do molde quando o pneu é fabricado. Algumas marcas raspam os pelos
antes de inserir o pneu no mercado.

22. O que é protetor de borda (Rim Protection) e para que serve?
O protetor de borda é uma parede reforçada (parede mais grossa) do pneu, que
o torna mais resistente a furos. Pneus com protetor de borda não chegam a ser
Run Flat.

23. Como identificar os furos na roda?
Em volta do miolo (centro) da roda é possível identificar os parafusos que
prendem a roda, esses parafusos são prendidos nestes furos. As rodas geralmente
vêm com 4 ou 5 duros, mas saber a quantidade de furos não é suficiente para
saber se a roda que servirá no seu carro, é preciso levar em consideração o
diâmetro dos furos, este número aparecerá da seguinte forma 4x100 (furos x
diâmetros). Garanta que a sua roda atual tenha estes mesmos números que a roda
que será comprada.

24. Para que serve um espaçador?
O espaçador serve para dar mais espaço entre a roda e o carro. Ele é
solução em casos em que a roda comprada, ou ganhada, é muito larga e raspa na
lataria.

25. Qual significado da letra na medida da roda?
A medida da roda normalmente aparece em um formato parecido com este: 5Jx13x38, neste caso contém a letra J. Explicar o significado da letra é complicado, pois é muito específico, se relaciona com as dimensões/forma da roda, principalmente a área do talão.

O que é importante saber é que se a sua roda tem grafada a medida 5Jx13x38, você não pode comprar uma roda que tenha
grafada uma letra diferente, pois ela não servirá.

26. É verdade que rodas com diâmetros maior dão mais estabilidade nas curvas em alta velocidade?
Sim, pois pneus com perfis menores (que utilizam aros maiores) tem paredes
menores, deformando menos ao fazer uma curva. Por isso, carros esportivos utilizam
aros maiores, como 18 e 19.